• Sobre o blog
  • Contato
  • Envie seu texto
  • Blogroll
  • FAQ
  • 23 junho

    Um novo ano

    Um ano se passou e as metas que eu não fiz me surpreenderam. Ouve varias mudanças e grandes renovações. E acabei chegando à conclusão que deveria passar o ano novo sozinha. Há uns quase quinze minutos antes da virada estava acontecendo o amigo oculto na minha família. Às vezes parece ate um ritual, mas dessa vez eu não queria participar. De uns dias para cá eu estava tão irritada que se eu estivesse no amigo oculto qualquer parente iria ouvir merda, na verdade muita merda. 
    Depois de subir as escadas para chegar em casa, lembrei que tinha que ir pegar a vodka que estava em uma sacola com alguns chocolates que havia comprado na semana passada. Foi aquela semana de TPM. Se o ano acabasse sem nenhum estrago não teria graça. A sacola estava perto da mesa do computador já que tinha escondido da minha mãe. Eu estava de batom vermelho, salto alto, vestido preto. Peguei a sacola e deixei na mesa de maquiagem. Retoquei o batom, não estou sendo egocêntrica, mas me acho sexy com os lábios vermelhos. 
    Um novo ano estava vindo a raiar. Senti falta do violão e da praia que fui no ano passado. O amanhecer estava de uma forma que eu nunca tinha visto. Sai das lembranças e resolvi tirar o salto e colocar um chinelo de caveira que ganhei da minha mãe de natal. Faltava quase cinco minutos para a meia noite. Peguei a sacola e subi correndo as escadas que me levavam para a laje. Os fones de ouvido estavam tocando reggae, tinha acabado de sair da parte que falava sobre a segregação e começou o romantismo que me fazia levitar. O vento que batia no meu rosto fazia com que eu me movesse e voasse por ai, em qualquer canto. 
    A vodka era daquelas baratas. Eu tinha uma grana para comprar uma melhor, porem resolvi guardar o dinheiro para a conta que ia vencer no dia quatro. Um gole ali e um aqui. Faltava pouco para os fogos começarem. Cheguei à conclusão que eu não estava pronta para dizer adeus há um ano que se foi sem que ninguém percebesse. Quantas derrotas! Nem elas conseguiram tirar a felicidade que eu demonstrava. A vodka descia queimando a garganta, tinha um gostinho quente e sedutor que dava um prazer diferente.
    Eu moro em uma cidade do interior, acredite é quase uma merda. Não tinha muitas opções para ir, então resolvi passar a madrugada toda em casa. Peguei o colchão e um travesseiro que estava no canto do meu quarto. Voltei para laje e arrumei-o lá. Sentei-me e as musicas que estavam tocando me lembravam os caras que conheci há alguns meses atrás. Teve um em especial, na verdade sempre tem. Aquele dono do sorriso singelo e das frases encantadoras mesmo ditas quando não estava sóbrio. 
    Um cara do gesto sedutor, que me possuía de uma forma que nenhum outro conseguia. Nunca fui de manter contato com nenhum cara. Já estava acostumada a dar adeus às coisas que viam rápido demais. Eu confesso que ainda sinto falta de dormi de conchinha e de dar amasso na parede da cozinha com você. Acendi um beck e em cada fumaça ia uma lembrança junto. 
    Levantei e tomei uns dois goles de vodka. Eu estava ansiosa para ver os fogos coloridos que acontecia uma vez no ano aqui. Comecei a fazer a contagem regressiva mentalmente. Três, dois, um. Os fogos estavam lindos e a energia positiva que se passava por ali era incrível. O meu pensamento me fazia ir para qualquer lugar que eu quisesse. 
    Passaram-se duas horas e eu já estava deitada observando o céu estrelado e os pensamentos vagando por ai novamente. Peguei um maço de cigarros preto, um cinzeiro e uma barrinha de chocolate que estava na bolsa rosa que sempre anda comigo. Devorei o chocolate e dei outra golada na vodka, as horas se passaram e o ritual ainda era o mesmo. 

    A garrafa já estava entornada e não tinha problema algum, afinal não havia nenhuma gota ali. O cinzeiro já estava cheio de restos de cigarro. Foi ai que eu resolvi virar pro lado e dormir. 
    No outro dia acordei com a minha mãe me cutucando, ela conseguiu me lembrar que a merda de uma vida quase perfeita estava ali pronta para ser erguida. Desci com o colchão e voltei para laje, fumei mais um cigarro e finalmente acordei para realidade.
    Texto feitor por: Cristiane Freixo |Blog|
      
    Envie seu texto,clique aqui para saber mais.





    E não se esqueçam de participar do primeiro sorteio do blog AQUI

    Beijinhos >.<

    Dayane Nascimento

    23 anos, carioca, estudante de Publicidade e apaixonada por fotografia, moda, decoração e qualquer outra coisa que me faça sorrir. @dayaneassiis

    Deixe uma resposta

    Seu email não será publicado.


    *

    1. Ally em 23 de junho de 2013

      Me desculpe a demora para retribuir o comentário, fiquei um tempo afastada mas agora o blog voltou com tudo! Adorei o post, ! Beijoos :)
      ~~ candyteen-official.blogspot.com

    2. Bàrbara Letícia Lima em 23 de junho de 2013

      Ameeeeeei seu bloog lindaaaaa :)

      Depois dá uma passadinha lá no meeu!!
      beijooo :**

      http://www.lindasconfessas.blogspot.com.br

    3. Jéssica em 23 de junho de 2013

      Post bem escrito,adorei!

      Beijos
      http://www.garotadisposta.blogspot.com

    4. Mirele Soares em 23 de junho de 2013

      Cara, adorei esse texto!
      Beijos

      http://featglam.blogspot.com.br/

    5. Camila em 23 de junho de 2013

      Oi Day, te linkei no blog=D

      Bjos

    6. Gabriela Gomes em 23 de junho de 2013

      Que lindo o texto, adorei demais!
      http://www.espacegirl.com

    7. Isabely Rodrigues em 23 de junho de 2013

      Ficou show.
      Gatinha visite o meu canal no youtube e se gostar se inscreva, se já se inscreveu é só continuar ligadinha no canal e no blog. Beijinhos.
      Canal: http://www.youtube.com/user/isabelyrogrigues
      Blog: http://fasesdegarota.blogspot.com.br/

    8. Angel Poubel em 23 de junho de 2013

      Lindo texto como sempre né amiga!?

      Curta:
      https://www.facebook.com/BLOGAngelPoubel

      Big beijo ;*
      http://www.angelpoubel.com

    9. Flávia em 23 de junho de 2013

      Gostei do texto, dá a impressão que temos que ser pé no chão mesmo querendo sonhar acordados, arrisco dizer que é uma crônica bem escrita.

      Thoughts-little-princess.blogspot.com

    10. Natty ♥ em 23 de junho de 2013

      Adoreeeeeeei esse texto, muito mesmo! *–*
      Beeeijos amore! ♥
      contornoperfeito.blogspot.com.br

    11. Iasmin Cruz em 23 de junho de 2013

      Adorei o texto, incrível mesmo a visão dela no novo ano.

      http://iasmincruz.blogspot.com.br/

    12. Luiza Regina em 23 de junho de 2013

      Belo texto, o que mais gostei foi a visão dela do ano novo. Não sabia que pode enviar um texto criado por você mesmo, muito legal a sua iniciativa. Beijos para você!
      Cafofofemininoblog.blogspot.com

    13. Gabriela Amorim em 24 de junho de 2013

      Muuuito bom o texto *–*
      Beijos

      gabriela-amorim.blogspot.com

    14. Larissa Mocellin em 24 de junho de 2013

      Você e seus textos dyvos, hahaha. Lindíssimo!!

      Beijinhos, Lari do http://www.bylarissamocellin.blogspot.com.br/ <3

    15. David Germanotta em 24 de junho de 2013

      Boa visão a dela do ano novo. Curti o texto ^^

      David – Leitor Compulsivo

    16. Thamires Figueirêdo em 24 de junho de 2013

      Adorei o texto, ela escreve super bem, parecia que estava lendo um livro. s2
      Beijos :*
      http://exageroderimel.blogspot.com.br/

    17. Lynn em 24 de junho de 2013

      Adorei o texto =D
      beijos
      http://lynnkumoruna.blogspot.com.br/

    18. Fashion Jacket em 24 de junho de 2013

      Adorei o texto!

      Beijos

      Jéssica
      Fashion Jacket – http://www.fashionjacket.com.br

    19. Marcela Miranda em 24 de junho de 2013

      Gente a Cristiane escreve muito bem, amei.
      Beijos ♥

      DearItGirl.blogspot.com.br

    20. Fernanda Moreira em 24 de junho de 2013

      Meio depressivo, né?
      Não é muito o estilo de texto que me atrai não.
      Gosto de textos que falam sobre vida e filosofia, mas de uma forma mais alegre!

      Beijinhos!♥
      Viva Beleza
      Fan Page Viva Beleza
      Meu Canal no Youtube

    21. Cássia Vicentin em 24 de junho de 2013

      Gostei do texto, mas achei um pouco exagerado em algumas partes ç_ç

      Indiquei seu blog para uma tag http://www.procurei-em-sonhos.com/2013/06/tag-viajando-na-leitura.html

      Beijos
      http://www.procurei-em-sonhos.com

    22. Laís Rodrigues em 24 de junho de 2013

      Que texto lindo *0* você escreve muito bem, quero mais u–u
      xoxo~~http://euamotutoriais.blogspot.com.br/

    23. Adriana Leandro em 24 de junho de 2013

      Gostei do texto. E visão sobre o ano novo. Bjus!

      galerafashion.blogspot.com.br

    24. Newsdayoff em 24 de junho de 2013

      Que texto perfeito, nossa amei mesmo o texto, você escreve muito bem!

      http://newsdayoff.blogspot.com.br/

    25. Lulu on the Sky em 24 de junho de 2013

      Muito legal esse texto.
      Big Beijos
      Lulu
      http://luluonthesky.blogspot.com.br

    26. Fernanda Macena em 24 de junho de 2013
    27. Cllara Maranhão em 24 de junho de 2013

      Muito bom o texto. Bem eu =)

      Confira o Esmalte da Semana. É uma cor bem vibrante e uma cor que gosto bastante =)

      Beijinhos de luz =***

      Cllara Maranhão ʚɞ
      http://cllaramaranhao.blogspot.com.br

    28. Helena Campos em 24 de junho de 2013
    29. Leidiana Pereira em 24 de junho de 2013

      Gostei do texto minha linda! Cadas palavras bonitas, além do drama dessa menina no ano novo.
      Eu sou apaixonada por interior, acho que é porque sou muito caseira, será que a personagem não quer trocar de cidade comigo? rsrs
      Só não gostei dela beber vodka, pois não gosto de bebidas… mas a história é linda, me identifiquei em vários momentos.
      Beijos linda. ♥

      • Cristiane Freixo em 25 de junho de 2013

        A personagem não quer trocar de cidade não hauehaeuhaeuhae
        Tira a bebida ou troca ela haha

    30. Ariana em 24 de junho de 2013

      Amei o texto e já passei por essa situação, não numa virada de ano mas em várias viradas na minha vida, beber etc.

      Beijos

    31. Ellen Alves em 24 de junho de 2013

      Amei o texto! Que personalidade linda a dela!
      http://www.momentosassim.com

    32. Rabiscos no Papel em 24 de junho de 2013

      A.D.O.R.E.I o texto amore. Lindo!

      rabiiiscosnopapel.blogspot.com.br

    33. Angela Graziela em 24 de junho de 2013

      Gostei bastante do texto
      E ele tras um ponto de vista diferente

      Beijos
      @pocketlibro
      http://pocketlibro.blogspot.com.br

    34. Nah Sodré em 24 de junho de 2013

      Obrigada lindona! =) estamos super felizes com o noivado *–* sobre seu texto, achei um pouco triste mas é escrito muito bem, gostei da visão dela sobre o ano novo… você escreve de um modo lindo =D

      Beijos!

    35. Tamara Mansur em 24 de junho de 2013

      nossa adorei o texto, me senti envolvida com a escrita e esperando o que ia acontecer no final da virada do ano novo.. e gostei da forma como ela colocou as coisas no final! ^^
      beeijo
      http://rendasebatons.blogspot.fr/

    36. Adorei o texto, belas palavras relatando sobre o ano novo.

      http://simpleseagradavel.blogspot.com.br/

    37. Vanessa Ferreira em 24 de junho de 2013

      lindo mesmo, parabéns a quem o fez

      super bjo
      http://vanessaferreirapink.blogspot.com.br/

    38. Livany Nunes em 24 de junho de 2013

      Lindo, ótimo texto *—*

      Blog || Fan page

      Beijos, seguindo e participando do sorteio o/

    39. Tamara Teixeira em 24 de junho de 2013

      Texto diferente…
      Em falar em coisas haver com novo ano, ultimamente 2013 está passando rápido, né? Mas enfim! Eu achei esse texto bem profundo :)

      Sweet Teen

    40. Karla Cunha em 25 de junho de 2013

      Que interessante. Acho que, no fim das contas, as nossas mães estão aí pra isso né. E também, acredito que, quando tudo está errado ao máximo, só temos a opção de começar a consertar né? ;)
      E outra coisa que reparei, ela estava de preto. Já virei o ano de preto! HEHEHEHE

      Um beijo
      http://www.fizdecanetinha.com

    41. Re_becah em 25 de junho de 2013

      credo. cigarro.
      hauahuah
      Adorei seu texto flor, envolvente, interessante :)

      Muito obrigada por comentar no meu blog!
      Sempre que atualizar me mande um recado no meu blog, que virei aqui comentar! Fica mais fácil para eu não esquecer e sempre estar aqui mantendo contato! ;)

      Beeeijooos, @re_becah

      blogdareh.com.br

      youtube.com/blogdareh

      facebook.com/blogdareh

    42. Bárbara Campos em 25 de junho de 2013

      Adorei o blog, parabéns!!
      Beijinhos!

      euquerosermarilynmonroe.blogspot.com

    43. Srt . Vasconcelos em 25 de junho de 2013

      achei bem legal o texto;

    44. Desbravadores de Livros em 25 de junho de 2013

      Adorei o texto, porém, nem sempre o ano é sinônimo de coisas novas. As coisas mudam a partir do momento que decidimos mudar. Mas a ideia de inovar no ano novo é uma boa.

      Desbrava(dores) de Livros

    45. Juliana Motta em 25 de junho de 2013

      Nossa, que linda! Parabens pela criatividade! Arrasou nas cores tambeém, adoreeeeeeei! *-*
      Seu blog é lindooo, perfeitinho, já sei que vou viciar em vir aqui! kkk
      Obrigada por estar participando do sorteio, fico mega feeeliz! rs
      Beeeeijos, minha princesa!

      http://agorasoulinda.blogspot.com.br

    46. Giovana em 25 de junho de 2013

      Bem legal o texto,parabéns

      Beijos

      blogdagi1.blogspot.com.br

    47. Thami em 25 de junho de 2013

      Adorei o texto! A forma como foi escrito em detalhes me fez imaginar como se estivesse acontecendo comigo. Eu passei o ano novo na casa da minha madrinha e lá em cima na laje eu poderia muito bem fazer isso, em vez de ficar naquela confusão com a família toda, ir para laje e simplesmente passar a virada do ano bem "tranquila", haha. Adorei e me identifiquei MUITO em algumas partes como "No outro dia acordei com a minha mãe me cutucando, ela conseguiu me lembrar que a merda de uma vida quase perfeita estava ali pronta para ser erguida." hahaha, adorei!

      Xx
      http://www.likeparadise.com.br

    48. Carla Wolf em 25 de junho de 2013

      Nossa, juro que imaginei direitinho a cena, sério. Foi muito bem escrito, e quantas vezes passamos sem perceber a realidade das coisas? Esquecendo os detalhes? Gostei muito do texto!
      vestindo-ideias.blogspot.com.br

    49. Julia Francine em 27 de junho de 2013

      Eu ia até perguntar se esse texto fazia parte de algum livro, mas ai eu vi que era um texto enviado por um blogueira. Achei muito bom :) é o tipo de "história" que eu leria, e panz :3
      http://ceudeoutubro.blogspot.com.br/