• Sobre o blog
  • Contato
  • Envie seu texto
  • Blogroll
  • FAQ
  • 26 novembro

    Sobre mulheres e as regras da sociedade

    sobre-mulheres-e-as-regras-da-sociedade-impoe-blog-conversando-com-a-lua-textos

    Perante  o “manual do comportamento da mulher” eu seria uma puta! Postando uma foto de sutiã e batom vermelho, sem falar que eu uso roupas curtas, pinto minhas unhas de cores escuras, escrevo e falo sobre a igualdade total das pessoas, as vezes falo um palavrão e não me comporto como uma menina politicamente correta para a “sociedade”, não tenho vontade de casar e nem tenho como meu maior sonho ter filhos, não gosto de cozinhar e não coloco a palavra de um homem em primeiro lugar na minha vida, realmente, que mulher eu seria?

    Mas claro! Perante a esse manual, os valores não contam, sou sincera, carinhosa, responsável, sempre luto por tudo que eu quero, sempre procuro deixar as pessoas felizes ao meu lado, sou engraçada, boba, vaidosa, procuro sempre o verdadeiro e o simples de cada coisa, procuro fazer o bem, amo as pessoas, animais, família e tudo que estiver ao meu redor, sempre procuro respeitar tudo e a todos e mil e outras coisas, mas isso não conta né? O físico e como o meu corpo se comporta que conta.

    Peço desculpas para todos os homens e mulheres que pensam e fazem o que esse manual diz a risca, eu não sou assim! Não serei assim e nunca vou ser, assim como eu e milhares de outras mulheres por ai,  eu não procuro rotular as pessoas, eu procuro repeito ao próximo, a vida e a tudo. Todos devem ser como devem ser, somos diferentes! Cada um se comporta de uma forma, o que pode ser o certo pra você, não é o certo pra mim.

    Respeite os gostos, o corpo e os jeitos dos outros! Não siga regras, isso vale tanto para mulheres e homens também, esqueça todas as regras machistas, todas as regras da mídia, toda a versão atual de um corpo perfeito, se livre disso! Empodere-se e faça o que quiser, a vida é sua, o corpo é seu e a única pessoa dona disso tudo, é você.

    *Ah, e puta não é uma critica ou um defeito, só uma profissão, como todas as outras. ;)

    Dayane Nascimento

    23 anos, carioca, estudante de Publicidade e apaixonada por fotografia, moda, decoração e qualquer outra coisa que me faça sorrir. @dayaneassiis

    Deixe uma resposta

    Seu email não será publicado.


    *


    CAPTCHA Image
    Reload Image

    1. Barbara Souza em 26 de novembro de 2015

      Sem palavras! Texto perfeito, concordo plenamente! E além disso, quem é a mídia pra determinar o que cada um deve ser ou seguir?
      A liberdade é a felicidade de mostrar quem somos e somar na sociedade com as nossas diferenças!

      • Dayane Nascimento em 26 de novembro de 2015

        Que bom que gostou Barbara e disse tudo, temos que ser o que a gente é sem se importar com os outros \o/
        bjusss

    2. Marília Pessoa em 26 de novembro de 2015

      Gostei muito do seu texto e da sua sinceridade! A sociedade quer impor regras demais na vida das mulheres e são as próprias mulheres que precisam rever isso e quebrar todos os preconceitos!
      bjs
      blogtrashrock.blogspot.com

      • Dayane Nascimento em 26 de novembro de 2015

        Que bom que gostou ♥
        Verdade. a sociedade sempre colocam regras e mais regras.
        bjuss

    3. Victoria Thomaz em 26 de novembro de 2015

      Respeito, o principal avanço do universo!
      Beijos, http://www.nossomosmoda.com

    4. Taay em 27 de novembro de 2015

      Adoorei o texto <3
      É mta regrinha mesmo. As pessoas estão cada vez mais machistas :/
      bjuxxx

    5. Leidiana Pereira em 27 de novembro de 2015

      Arrasou Day!
      Temos que ser diferentes e cada um deve respeitar a vontade, estilo e opinião alheia.
      Essa sociedade machista coloca na cabeça de todos que a mulher deve ser assim e assado, e na realidade, somos é livres, sem seguir determinados padrões!
      Amei o texto e sua crítica. ^^
      Beijos. ♥

      Diário da Lady

    6. Bianca Schultz Ramos em 27 de novembro de 2015

      Oii Dai!
      Estou digitando com os pés porque não paro de aplaudir!
      Adorei teu texto!

      Beijos lindona!
      Blog Bianca Schultz

    7. Jéssica Alves em 28 de novembro de 2015

      É tão desnecessário julgar alguém pela aparência. Independente se gosta ou não, o respeito tem que prevalecer sempre!

    8. Milena em 28 de novembro de 2015

      Adorei seu texto, realmente disse tudo oq toda mulher (ou quase todas, pq ainda existem muitas mulheres machistas) quer dizer. Maravilhoso seu blog <3 Curti

    9. Júlia Wentz dos Santos em 28 de novembro de 2015

      Parabéns pelas palavras. Nada é mais gratificante na vida do que agirmos de acordo com nossos próprios ideais e nossas próprias ideologias, sem nos preocuparmos com as regras alheias.
      Em tempos onde existem padrões para tudo, ser fiel consigo mesmo é um grande desafio, mas quem consegue, colherá os frutos e realizará os sonhos.

      Bom final de Semana!
      Beijinhos

      http://www.big-bubble.blogspot.com

      • Dayane Nascimento em 1 de dezembro de 2015

        Obrigada e é verdade, tem que ser nós mesmo sempre e realmente é um desafio, mas que terá recompensas no final.
        bjussss

    10. anna em 28 de novembro de 2015

      Gostei bastante, é um assunto bem delicado, já que as pessoas sempre impõe coisas sobre nós, mulheres.
      xoxo
      mutant-paradise.blogspot.com

    11. Agatha em 28 de novembro de 2015

      Arrasou no texto. INfelizmente, o ser homem e o ser mulher quando passa do biológico só inclui valores, as vezes, um mais bizarro que o outro.
      Valores que interferem na nossa vida de maneira precária.
      Beijinhos Screepeer
      http://www.screepeer.com.br/

    12. lisii em 29 de novembro de 2015

      belas palavras Day e eu não posso deixar de comentar que você está lindaaaaa, mas muitooo linda! *——–*
      http://www.blahoestraich.com.br

    13. Jéssica || Fashion Jacket em 29 de novembro de 2015

      Ameeeei o texto!! Concordo com você :)
      E para os alienados: se ser feliz, fazer o que tem vontade e não se importar com o que os outros pensam, é ser uma puta: então eu tenho orgulho de dizer que sou!

      Beijos ♥

      Jéssica || Fashion Jacket
      http://www.fashionjacket.com.br

      • Dayane Nascimento em 1 de dezembro de 2015

        Que bom que gostou ♥
        E é isso ai, se puta é ser feliz e fazer o que quer também sou.
        bjusss

    14. Camila Faria em 29 de novembro de 2015

      A única pessoa que a gente precisa agradar na vida é a gente mesmo! Amei o post!!! \o/

    15. Marcy Moraes em 29 de novembro de 2015

      Esse é um post muito bom para refletir, pois na sociedade de hoje, onde aprendemos várias, muitas coisas mudaram em relação ao passado e mesmo assim ainda esse tipo coisa esse tipo de pensamento de pessoas sem noção.

      http://flores-ao-chao.blogspot.com.br/

      • Dayane Nascimento em 1 de dezembro de 2015

        Verdade, mesmo com todas as mudanças ainda tem pessoas com esses pensamentos… complicado.
        bjusss

    16. Natz Sodré em 29 de novembro de 2015

      Ameeeeei! Arrasou na foto e MUITO mais no texto, é um absurdo ainda existir tanto machismo, preconceito e “regras” no mundo atual em que vivemos, uma vergonha.. Beijokas!

      • Dayane Nascimento em 1 de dezembro de 2015

        Obrigadaaa ♥
        Verdade, é um super absurdo, é uma vergonha mesmo, e das grandes. :/
        bjusss

    17. Natália em 29 de novembro de 2015

      A verdade é que tem um monte de gente precisando ser desconstruída sobre o monte de assuntos: machismo, racismo, homofobia, gordofobia, etc. Serem educados novamente, para se tornarem pessoas melhores e menos perturbadoras e ignorantes. Beijos

    18. Váh em 30 de novembro de 2015

      Sabe, eu sempre luto e defendo as mulheres, seus direitos e tudo mais. Mas tem algumas coisas que eu ainda sigo e acho o mais correto nesse “manual do comportamento da mulher”… mas né, como você disse, somos diferentes.

      http://heyimwiththeband.blogspot.com.br/

      • Dayane Nascimento em 1 de dezembro de 2015

        Mas isso é normal, você não tem que ser totalmente diferente do que muitas pessoas acham o que é o certo, você tem que ser você mesma, fazer e ser o que se sente bem, sem se importar com os outros e é isso que importa.
        bjokassss

    19. Fernando em 30 de novembro de 2015

      Olá Dayane.
      Nossa sociedade é terrível neste aspecto. Acham que gente sempre precisam encaixar a gente num rótulo. Fazia tempo que não vinha em seu blog e me deparo com seu texto forte e decidido. Seja sempre assim e você será muito feliz. O mundo mudou e você faz parte desta mudança que o mundo precisa. Grande abraço.

    20. Vestindo Ideias em 30 de novembro de 2015

      Eu também me encaixaria como puta pelas minhas atitudes, acho engraçado os xingamentos para as mulheres: puta, vadia, vagabunda… E para os homens? Como são os xingamentos? Acho que se eu quiser colocar uma foto de sutiã eu posso, afinal: meu corpo minhas regras, porque os caras podem postar foto sem camisa e eu não? Enfim, gostei do seu texto e você tá maravilhosa na foto!

      • Dayane Nascimento em 1 de dezembro de 2015

        Verdade, essas coisas é só para mulheres kkk hilario isso!
        Isso ai, a gente tem que fazer o que a gente quiser e que bom que gostou e muito obrigadaa ♥
        bjokasss

    21. mary micucci em 30 de novembro de 2015

      Muuuuito bom esse post, parabéns!
      http://marymicucci.com

    22. Lulu em 30 de novembro de 2015

      Oi Daiane,
      Super me identifiquei com seu texto sabia?
      Boa noite para você
      Big Beijos
      Lulu
      http://www.luluonthesky.com

    23. Laryssa em 30 de novembro de 2015

      ainda hoje as mulheres são discriminadas pelo simples fato de ser mulher !
      adorei bjus
      Sorria Princesinha

    24. Tutty em 30 de novembro de 2015

      Adorei o texto, acho irônico como é totalmente normal um homem postar fotos do pênis, já uma mulher postar uma foto de sutiã é “ai, que puta”.

      • Dayane Nascimento em 1 de dezembro de 2015

        Que bom que gostou Tutty ♥
        Verdade, irônico demais, só o homem que pode, a mulher não.
        bjuss

    25. Camilla Marques em 1 de dezembro de 2015

      OI Daiane belíssimo texto!. Enfim eu tb não aguento mais viver sob as rédeas desse estigma social vigente. Já me cansei de escutar isso, que batom vermelho e pra puta, até escuto que mulher feia tem que apanhar. Cada coisa que me irrito, mas sei que não posso mudar o mundo, mas tento fugir aos máximo desse padrão e ser que meu quero dane-se o senso comum e esse povinho hipócrita! Queria que o mundo fosse menos intolerante faz respeitosos, mas vivemos em um momento bem estranho da história, o que mais vemos são extremismos e radicalismos, parece que estamos voltando aso tempos fascistas. uma pena…

      Bjs

      http://www.decoturnoespikes.com.br

      • Dayane Nascimento em 1 de dezembro de 2015

        Que bom que gostou do texto Camilla ♥
        São coisas bizarras que a gente escuta, coisas que eu fico boba só de ouvir e geralmente não consigo ficar quieta haha
        Também fujo desses padrões, faço o que quero e visto o que eu quero, não mudamos o mundo, mas algumas pessoas podemos mudar e é de pequenas mudanças que surgem as grandes né? ♥
        bjussss

    26. Ohara Teixeira em 3 de dezembro de 2015

      Sem palavras para descrever<33
      Simplesmente adorei! <33 33 33 33 333
      Concordo com todas as linhas!
      A liberdade é uma forma de ser feliz e somar na sociedade com nossas diferenças como falaram ali
      Recomendo a leitura desse texto:
      http://www.desapegaadri.com/2015/08/a-mensagem-que-toda-mulher-deveria-ler.html

      • Dayane Nascimento em 9 de dezembro de 2015

        Que bom que gostou. ^^
        E disse tudo, e muito obrigada pela recomendação, irei ler!
        beijoss

    27. Pri em 6 de dezembro de 2015

      Muito bom o seu texto de verdade!! Hoje mesmo eu estava me sentindo mal por não sentir prazer nenhum em cozinhar! Mas o seu texto me mostrou que não há problema nenhum nisso! Ameeeeei! Todo mundo deveria ler
      http://www.parisdepriscila.com

      • Dayane Nascimento em 9 de dezembro de 2015

        Que bom que gostou Pri, eu sou péssima em cozinha, não sei nada e não gosto hahaha
        E nem eu e nem você vamos deixar de ser mulher por não gostar de cozinhar, não há nenhum problema em não gostar de algo.
        bjusss linda ♥