• Sobre o blog
  • Contato
  • Envie seu texto
  • Blogroll
  • FAQ
  • 08 junho

    Mãe, eu não vou embora!

    Preste atenção em como ela se dedica pra você, faz tudo o que você quer dentro das possibilidades dela. Se dobra e desdobra para que fique feliz, mesmo quando ela está triste. O quanto suas mãos estão cheias de calos de tanto trabalhar para te dar o melhor, além de tudo o que você pede.

    Por mais que você diga que a obrigação é dela de te sustentar:
    Quantas mães parem seus filhos e abandonam?
    Quantas mães casam e antes de ganhar são abandonadas pelos parceiros?
    Quantas mães não tem condições de criar seus filhos e mesmo assim continuam com eles?
    Quantas mães são mães de verdade?

    Se você fosse sua mãe, gostaria de se ter como filho?

    Olhar ao redor, valorizar o esforço diário de engolir sapos, de não ter apoio nenhum de ninguém e ter que saber criar crianças sendo mãe de primeira viagem, não é fácil. Não pedimos piedade, pena, não estamos mendigando holofotes e sim apenas, que abram os olhos e respeitem todas as mães, mesmo elas não sendo sua.

    Todos nós vamos crescer, vamos querer um espaço só nosso, isso mesmo, iremos morar sozinhos ou casaremos direto, sem experimentar como é morar sozinho, enfim. A maioria não vai e nem quer mais morar com a mãe, porém essas pessoas não pensam em como suas mães se sentem, o que elas acham disso e se vale a pena magoar nossa mãe pra ser maria vai com as outras.

    Perceba que enquanto as amigas dela estavam conquistando o mundo, ela estava te embalando. Enquanto você estava comendo, ela poderia estar com fome para te alimentar. Enquanto você estava bem vestido, ela estava usando roupas de anos atrás. Enquanto você estava doente, quem estava acordada cuidando de você, era, é e sempre será ela, mesmo você tendo 10, 20, 30, 100 anos, porque enquanto ela estiver viva, vai estar do seu lado pro que der e vier.

    Nas horas mais difíceis da sua vida, quem vai estar com você na ruim e na boa é a sua mãe. Então não jogue fora todo o tempo que ela deu pra você com todo o amor e carinho, te cuidando, moldando-te para que se torne uma pessoa do bem, sem vícios, sem pedir nada em troca. Na verdade ela queria sim algo em troca, o teu sorriso, a tua felicidade e que mesmo longe, tu sempre estivesse e ficasse bem.

    Então, quando você casar, constituir família com outra pessoa, ir morar sozinho, decidir sair da casa da sua mãe, não abandone-a, não troque-a por festas, por amigos que não são amigos de verdade, por coisas fúteis e banais, por pessoas que hoje estão aqui e amanhã não se sabe, porque ela só vai te abandonar no dia que falecer.

    Não “jogue-a” em um asilo, por não ter tempo, não ter condições, não saber lidar com ela, entre outras desculpas esfarrapadas que escutamos por aí, porque quando ela teve que cumprir o papel dela, ela estava ali o tempo todo, mesmo sem saber direito o que fazer, nunca te abandonou e você não pode e nem tem o direito de fazer isso. Não esqueça que tem mãe.

    Não existe apenas gratidão, existe amor e é incondicional.

    – não cito pai, porque na maioria das famílias (pessoas que moram com você) eles não são presentes.
    – repito muitas vezes a palavra enquanto, porque vivemos o enquanto não morrermos.


     Texto feitor por: Natália Pereira|Blog|
    Envie seu texto, clique aqui para saber mais.

    Dayane Nascimento

    23 anos, carioca, estudante de Publicidade e apaixonada por fotografia, moda, decoração e qualquer outra coisa que me faça sorrir. @dayaneassiis

    Deixe uma resposta

    Seu email não será publicado.


    *

    1. danielle em 8 de junho de 2016

      hoje é aniversário da minha mãe <3 :') tocou lá no fundo

    2. Carla Hurst em 8 de junho de 2016

      Que texto lindo e emocionante! To passando por uma fase da minha vida que estou muito mais próxima de minha mãe e estou amando! Sentia muita falta de estar mais junto com ela! E esse texto diz exatamente tudo! Precisamos valorizar a mulher que faz tudo pela gente <3 Espero ser uma mãe, no futuro, tão incrível quanto a minha!

      https://apaixonadaporfinaisfelizes.blogspot.com.br/

      • Dayane Nascimento em 10 de junho de 2016

        O texto é lindo mesmo e está mais que certa em fazer isso viu ♥
        beijokass

    3. Adriana Leandro em 8 de junho de 2016

      Que texto lindo. As mães são muito importantes. Bjus!

      galerafashion.com

    4. Thayse em 9 de junho de 2016

      Que bonito isso, Day, realmente, a gente as vezes julga muito nossas mães mas não pensamos nos nossos papeis como filhos e se somos boas pessoas, realmente. Elas merecem mais que gratidão, concordo com o amor incondicional, é uma coisa que não tem explicação.


      Beijos
      Brilho de Aluguel

    5. Nathália // Fashion Jacket em 9 de junho de 2016

      Mãe é tudo na vida ♥

      Beijinhos
      n. // http://www.fashionjacket.com.br

    6. Gih em 9 de junho de 2016

      Oi lindona, ótimo texto pra gente refletir como somos com nossos pais né!
      Adorei tudo e você levantou argumentos muito validos.
      kisses

    7. Lilian em 9 de junho de 2016

      Gente, que texto lindo! É bem assim mesmo, depois de uma certa idade comecei a ver como minha mãe é super importante, hoje faço de tudo para compensar os anos de rebeldia e desobediência. Texto ótimo!

      http://www.leitorasvorazes.com.br/

    8. Simone em 9 de junho de 2016

      Que texto maravilhoso, nossa mãe é um anjo da guarda enviado por Deus. Pensei na minha mãe lendo cada palavra que você escreveu, elas poderiam ser eternas <3 De certa forma são ne? Em nossos corações, beijos

      • Dayane Nascimento em 10 de junho de 2016

        Poderiam ser mesmo, seria maravilhosos ♥
        E é verdade, de certa forma são mesmo
        beijoss

    9. Marieli Borges em 9 de junho de 2016

      Olar! Que texto maravilhoso <3 Antes eu e a minha mãe não se davamos muito bem, e confesso que me imaginei várias e várias vezes seguir meu caminho e deixar ela para lá, quando eu crescesse. Mas hoje em dia eu penso no puto egoismo que eu tinha, poxa, ela é minha mãe e daria a vida por ela, agora não me imagino deixando ela para trás ou a abandonando, já que ela nunca fez isso comigo.
      BEIJU!

      devaneiosbm.blogspot.com.br

      • Dayane Nascimento em 10 de junho de 2016

        Graças a Deus seu pensamento mudou, mãe é a pessoa mais importante da nossa vida, sem elas nem estaríamos aqui.
        beijosss

    10. Amanda Z. em 9 de junho de 2016

      Tem como curtir mil vezes esse post?
      Gente, que texto! <3
      Simplesmente sensacional, emocionante e especial! Amei cada palavra e cada reflexão que esse texto passou.
      Parabéns para quem escreveu, parabéns mesmo. E olhe, nunca pare de escrever, porque seu talento é admirável! <3

      Post maravilhoso *-*

      Amore, tem post novo lá no blog! =)

      Beijos
      Amanda Z.
      http://www.diariodelooks.com

    11. Carol Nagliati em 9 de junho de 2016

      Adorei o post!
      Parabéns pelo blog! Sucesso!
      Bjs,
      carolnagliati.blogspot.com

    12. Thami Sgalbiero em 9 de junho de 2016

      Amo a minha mãe! Posso não demonstrar tanto pra ela, mas ela sabe que amo. Uma vez ela tinha ido pro trabalho, normalmente como todos os dias, mas nesse dia eu fui passar no mesmo lugar que ela para ir pro centro da cidade e começou a ficar tudo parado, na mesma hora liguei pra ela pra perguntar se ela tava bem, porque ela não dirige muito bem e já bateu com o carro algumas vezes, não foram batidas bruscas, mas meu medo é de alguém bater o carro bruscamente no dela, já que ela anda muito devagar, sabe? Ela ficou toda boba que eu demonstrei preocupação, hahahaha! Enfim, adorei o post!

      Beijos!

      • Dayane Nascimento em 10 de junho de 2016

        Como não amar nossa mãe né? Elas fazem de tudo para a gente, as vezes a gente não demonstra mesmo não, mas elas sabem do amor que a gente tem por elas ♥
        beijokasss

    13. Leidiana Pereira em 9 de junho de 2016

      Eu amei a mensagem e me identifiquei porque sou muito apegada a minha mãe e o comportamento dela de me ter sempre ao lado é desse jeito. <3
      Como não planejo nada para o futuro, vou ficar um bom tempo ao lado da minha mamãe.
      Beijos. ♥

      Diário da Lady

    14. Pâmela em 10 de junho de 2016

      Texto de tirar o fôlego com toda certeza.
      E eu concordo porque já vi muitos casos acontecendo ao meu lado e parte o coração.
      Mãe é pra vida TODA!
      Beijos!
      Blog Pam Lepletier

    15. Aline Almeida em 10 de junho de 2016

      Oi, oi Dayane;
      Adorei o texto, faz a gente refletir bastante nossos relacionamentos mãe e filhx. Sempre temos que levar em conta o que os outros sentem. Amei.
      Abraços! ;)
      Borboletas de Papel | Fanpage

    16. Carol em 10 de junho de 2016

      Que lindo!
      Me casei no ano passado e mudei de cidade, mas sempre dou um jeito de estar com a minha. Agora mesmo estou na casa dela :)
      Beijos
      BlogCarolNM
      FanPage

    17. Suzana em 10 de junho de 2016

      Bem reflexivo!
      Bjs da Su!
      http://www.rosachiclets.com.br

    18. Aline Cuerci em 10 de junho de 2016

      Gente que texto lindo. EU não penso em ser mãe, mas amo demais a minha. *-*

    19. Nati em 24 de junho de 2016

      Muito obrigada! Beijos