• Sobre o blog
  • Contato
  • Envie seu texto
  • Blogroll
  • FAQ
  • 28 dezembro

    Bem-vindo 2018, adeus 2017!

    Eu vou  começar fazendo uma pergunta para você, o que você faria se não tivesse medo de nada? Com certeza você deve imaginar umas coisas que nunca fez, mas aí vem outra pergunta, o que te impede de fazer além desse medo de não conseguir, de alguma coisa dá errado ou de pensar que não é boa o suficiente? Nesse ano de 2017, a minha maior meta era vencer esses medos internos e tentar viver a vida um pouco mais leve.

    E posso dizer que esse ano foi incrível!

    Comecei o ano viajando, que era uma das coisas que eu queria fazer mais, mas tinha medo de gastar dinheiro e depois pensar que poderia precisar daqui á um tempo, mas mal sabia eu que viajar é o maior investimento que qualquer pessoa pode fazer, independente do lugar que for.

    Por isso, durante esse ano de 2017, eu viajei mais! Não foram tantas viagens, mas foram todas marcantes de alguma forma, conheci lugares diferentes, me diverti muito, aprendi e vi que a vida não era só aquela caixinha que a gente vive, tem muita coisa boa fora dela.

    E também me obriguei a conhecer mais o lugar de onde moro, aliás, não adianta a gente querer conhecer o mundo, se não conhecemos nada ao nosso redor.

    Me abri para novas possibilidades, participei de eventos, fui a lugares diferentes e tudo isso me possibilitou conhecer pessoas que com certeza fizeram desse meu ano de 2017 melhor.

    E falando em conhecer, eu me dediquei mais ao canal sem ter medo de não consegui e com isso eu ganhei tantas coisas! Tanto materiais e momentos que nunca sairão da minha mente, e por eu ter enfrentado esse medo eu conheci vocês!

    Eu nunca imaginaria que teria tantas pessoas que gostavam de mim por aí, isso me fez me aproximar mais e ter mais vontade e determinação em continuar fazendo o que eu realmente gosto de fazer!

    Esse ano também me obriguei a fazer as coisas que queria fazer, mas que tinha medo de dá algo errado, começando primeiro com o planner, tive a ideia de fazer de última hora, tive medo, muitos erros, mas eu fiz! Liberei atrasado, mas hoje, mais de 80 mil pessoas viram e sei lá quantas mil pessoas usaram ele para deixar esse ano de 2017 melhor.

    Também fiz o meu aniversario, do jeitinho que eu queria, sem ter medos dos  rótulos de “festa de pijama é para criança”, “nossa, festa temática”, “a não vai convidar todo mundo…”, apenas fiz e posso dizer que foi o melhor e mais divertido aniversário da minha vida!

    E não posso esquecer dos amigos, sempre tive muito medo de fazer novas amizades e me decepcionar depois, mas, esse ano quis fazer diferente, me abri para conhecer pessoas novas e posso dizer que foi muito bom! Fiz amizades que fizeram esse meu ano de 2017 mais feliz, cultivei minhas outras amizades que me proporcionaram momentos incríveis e que muitos deles estão guardados apenas na memória e levei a vida mais off o que foi muito bom também!

    Esse ano também resolvi dedicar mais a mim! A não ter medo de pensar em mim em primeiro lugar, tentei levar a vida o mais simples possível, fiz de tudo para realizar os meus desejos, fiz as coisas que amo fazer e me dediquei a isso, e a cada conquista, mesmo pequena, o sentimento de felicidade era enorme.

    Mas esse ano eu também tive muitos erros, coisas tristes aconteceram, nem tudo foi mil maravilha e também não posso dizer que enfrentei todos os meus medos, mas estou no caminho e tudo isso faz com que eu veja que a vida pode ser sim tudo o que a gente imagina e grande parte disso, depende da gente!

    Então nesse próximo ano, viva e não apenas sobreviva! enfrente os seus medos, coloque isso como a sua maior meta e você vai ver que viver é muito mais legal do que você pensa! E eu encerro esse texto com uma frase bem clichê, mas leve ela para o próximo ano de 2018. Corra riscos, se der cerdo, felicidade! se não, Sabedoria! Não tenha medo de ser feliz!

    Que em 2018, você possa enfrentar seus medos e viver mais a vida de forma mais leve! Feliz ano novo! <3

     

    Dayane Nascimento

    23 anos, carioca, estudante de Publicidade e apaixonada por fotografia, moda, decoração e qualquer outra coisa que me faça sorrir. @dayaneassiis

    Deixe uma resposta

    Seu email não será publicado.


    *


    CAPTCHA Image
    Reload Image