Categoria "Textos de leitores"
08.ago.16
Amor Textos Textos de leitores Textos e Literatura

O sorriso que me mata

Texto: O sorriso que me mata

Eu, distraída que sou, quis viver de amor, e caí em sua armadilha disfarçada de amizade. Fui pega pela minha distração imbuída de vontade de estar apaixonada, e me deixei morrer em seu sorriso homicida. Hoje, estou entre o inferno e o paraíso, mas sei que foi uma das mortes mais felizes da minha vida.

Sei que no fundo, seu sorriso é um sujeito bondoso, pois, ao mesmo tempo em que me mata, consegue salvar meu dia. É o sorriso que pertence à moldura do seu rosto esculpido, que transborda seu contentamento pela minha chegada e que se atrapalha ao tentar esconder a timidez pelo meu encontro. Seu sorriso é o disfarce pela minha partida; às vezes, é enigma, máscara preta que não deixa revelar sua verdadeira identidade. Apesar do pouco que te conheço, sei que você tem muitos tipos guardados, todos trancados naquele cofre em que também esconde os beijos e amores que um dia foram roubados de alguma pobre vítima apaixonada.

Seu sorriso, além de ser ladrão foragido, é arma branca de coleção que mata sem fazer alarde. É faca cortante, que perfura quando vem na lembrança. Se me mandassem escolher um só sorriso, seria aquele que você me mostrou na primeira noite em que ficamos juntos, enquanto eu te passava o celular, a bolsa, e parte da minha história confusa. Um sorriso de deleite, aquele que veio acompanhado de um olhar estonteado por não saber quem sou eu pra você, mas, que já refletia a certeza de que somos diferentes de tudo. Aquele sorriso que traduz o quanto nos tornamos distintos quando não estamos escoltados pelo resto do mundo. Sorriso que cheira a perigo constante. Sorriso que me basta só pelo fato de ser sincero.

Foi pro seu olhar lascivo que eu me entreguei primeiro, mas, se ele viesse desacompanhado do seu sorriso confesso, seria apenas um olhar sensual e vazio; seriam, tão somente, dois pares de olhos brilhantes e incompletos, dois pingentes de cristal sem o colar de ouro. Seu olhar e seu sorriso são parceiros de um crime perfeito, cúmplices trapalhões que tanto se complementam. Enquanto o seu olhar planeja com maestria o próximo delito, seu sorriso ingênuo te entrega fácil, e assim, não há como não se apaixonar por essa dupla demasiadamente perigosa. O seu olhar é o mandante de tudo, é o chefe do tráfico de corações perdidos. Mas o seu sorriso… É o seu sorriso que me mata. Assim como seu olhar, seu sorriso é um bandido sem vergonha e sem juízo.


 Texto feitor por: Camila Barretto|Facebook|
Envie seu texto, clique aqui para saber mais.

Veja também

08.jun.16
Textos de leitores Textos e Literatura

Mãe, eu não vou embora!

texto-mae-eu-nao-vou-embora-blog-conversando-com-a-lua-nati-pereira-santa-tereza-parque-das-ruinas-ensaio-fotografico

Preste atenção em como ela se dedica pra você, faz tudo o que você quer dentro das possibilidades dela. Se dobra e desdobra para que fique feliz, mesmo quando ela está triste. O quanto suas mãos estão cheias de calos de tanto trabalhar para te dar o melhor, além de tudo o que você pede.

Por mais que você diga que a obrigação é dela de te sustentar:
Quantas mães parem seus filhos e abandonam?
Quantas mães casam e antes de ganhar são abandonadas pelos parceiros?
Quantas mães não tem condições de criar seus filhos e mesmo assim continuam com eles?
Quantas mães são mães de verdade?

Se você fosse sua mãe, gostaria de se ter como filho?

Olhar ao redor, valorizar o esforço diário de engolir sapos, de não ter apoio nenhum de ninguém e ter que saber criar crianças sendo mãe de primeira viagem, não é fácil. Não pedimos piedade, pena, não estamos mendigando holofotes e sim apenas, que abram os olhos e respeitem todas as mães, mesmo elas não sendo sua.

Todos nós vamos crescer, vamos querer um espaço só nosso, isso mesmo, iremos morar sozinhos ou casaremos direto, sem experimentar como é morar sozinho, enfim. A maioria não vai e nem quer mais morar com a mãe, porém essas pessoas não pensam em como suas mães se sentem, o que elas acham disso e se vale a pena magoar nossa mãe pra ser maria vai com as outras.

Perceba que enquanto as amigas dela estavam conquistando o mundo, ela estava te embalando. Enquanto você estava comendo, ela poderia estar com fome para te alimentar. Enquanto você estava bem vestido, ela estava usando roupas de anos atrás. Enquanto você estava doente, quem estava acordada cuidando de você, era, é e sempre será ela, mesmo você tendo 10, 20, 30, 100 anos, porque enquanto ela estiver viva, vai estar do seu lado pro que der e vier.

Nas horas mais difíceis da sua vida, quem vai estar com você na ruim e na boa é a sua mãe. Então não jogue fora todo o tempo que ela deu pra você com todo o amor e carinho, te cuidando, moldando-te para que se torne uma pessoa do bem, sem vícios, sem pedir nada em troca. Na verdade ela queria sim algo em troca, o teu sorriso, a tua felicidade e que mesmo longe, tu sempre estivesse e ficasse bem.

Então, quando você casar, constituir família com outra pessoa, ir morar sozinho, decidir sair da casa da sua mãe, não abandone-a, não troque-a por festas, por amigos que não são amigos de verdade, por coisas fúteis e banais, por pessoas que hoje estão aqui e amanhã não se sabe, porque ela só vai te abandonar no dia que falecer.

Não “jogue-a” em um asilo, por não ter tempo, não ter condições, não saber lidar com ela, entre outras desculpas esfarrapadas que escutamos por aí, porque quando ela teve que cumprir o papel dela, ela estava ali o tempo todo, mesmo sem saber direito o que fazer, nunca te abandonou e você não pode e nem tem o direito de fazer isso. Não esqueça que tem mãe.

Não existe apenas gratidão, existe amor e é incondicional.

– não cito pai, porque na maioria das famílias (pessoas que moram com você) eles não são presentes.
– repito muitas vezes a palavra enquanto, porque vivemos o enquanto não morrermos.


 Texto feitor por: Natália Pereira|Blog|
Envie seu texto, clique aqui para saber mais.

Veja também

15.ago.15
Textos Textos de leitores Textos e Literatura

A arte de “botar para fora”

texto-a-arte-de-botar-pra-fora-pensamentos-fotografia-olhando-para-o-horizonte-blog-conversando-com-a-lua

Ainda vou entender a dificuldade que as pessoas têm de falar. As coisas seriam tão mais facilmente resolvidas se as pessoas valorizassem uma boa conversa! Botar pra fora faz bem para o coração e para a alma! Faz bem principalmente para qualquer relação. Ninguém é obrigado a saber o que se passa na cabeça de outra pessoa, ninguém é obrigado a entender aquilo que não ouviu e digo isso sobre qualquer relação: amor, amizade, familiar…

Quantas vezes você já fantasiou coisas em sua cabeça culpando mentalmente a outra pessoa de não entender o que você pensa? Ai eu te pergunto, alguma vez você já contou o que pensa para ela?! Quantas pessoas não correspondidas estariam felizes agora se tivessem se arriscado a assumir sua paixão? Quantos corações se sentiriam menos enganados se tivessem ouvido um sincero “não dá mais” ao invés de presenciar um sumiço silencioso? Quantas fofocas seriam evitadas se você tivesse contado a história como realmente foi? Quantas brigas originadas de omissões por culpa seriam evitadas?

Digo e repito: Nada funciona mais do que uma boa e sincera conversa! Nada de deixar por dize, nada de ter medo de falar, nada de achar que não vale a pena. Dizem que um olhar vale mais que mil palavras, eu digo que mil palavras valem mais do que qualquer silêncio!


 Texto feitor por: Janaina Campos|Blog|
Envie seu texto, clique aqui para saber mais.

Veja também

28.maio.15
Amor Textos Textos de leitores Textos e Literatura

Cansei!

cansei-texto-de-amor-superação-amorosa-costa-fotografia-blog-conversando-com-a-lua-fim-de-namoro-esquecer-tumblr

Cansei de esperar por uma ligação, uma mensagem ou qualquer outra coisa que viesse de você, cansei de passar noites de profunda angústia, tristeza e solidão, cansei de chorar litros e pedir seu retorno, eu acreditei em você, eu confie em você! Cansei de esperar por alguma mudança, cansei de esperar por você.

Não vou mentir que não sinto nada, que não sinto sua falta, mas talvez você não mereça nada disso, chega dessas suas promessas falsas, dessas suas palavras vazias, chega de esperanças em alguém como você. Não é fácil esquecer todas aquelas palavras bonitas, todos aqueles gestos de carinho, mas que tudo permaneça no passado! Tranquei meu coração e joguei a chave pela janela, pelo menos por enquanto, preciso de um tempo para mim, não que o tempo apague, mas ele ameniza a dor.

Cansei de me humilhar, cansei de viver a sua vida e deixar a minha passar, você tem noção do quanto te amei? Do quanto de desejei? Não, você não tem! Eu sofri ao ver você indo, eu tive que engolir todo aquele sofrimento, sozinha, sozinha e sozinha porque ninguém precisava saber. Dava vontade de arrancar o coração do peito, dava vontade de dormi e só acordar quando tudo estivesse bem, dava vontade de gritar ou até mesmo sumir, mas não dá mas para te prender a mim, já te dei várias chances, lembra?

Agora estou deixando você ir, tentando se livrar de um sofrimento na qual nunca me pertenceu, cansei dessas idas e vindas, cansei de implorar pelo seu amor, então agora vai, mas por favor não volte, porque de alguma forma aqui não existe mais espaço para você.


 Texto feitor por: Beatriz Conceição |Blog|
Envie seu texto, clique aqui para saber mais.

Veja também

30.out.14
Textos Textos de leitores Textos e Literatura

Para o cara que te ensinou o que NÃO é amor

O único sentimento que consigo ter por ti é dó. Confesso até que chorei algumas noites depois que você colocou ela em meu lugar, mas foi choro reprimido, encubado, atrasado; Lágrimas que precisavam sair. Sim! Chorei toda a minha dor e agora meu coração esta renovado. Livre!
Mas meu bem, acho que quem chora agora é você. Arrependimento não mata, mas, aposto que torna-se a pior coisa do mundo viver com esse sentimento. Dói não é? Não consigo evitar que o sorriso venha em meu rosto, mas não pense que é riso de satisfação ou deboche. É apenas uma constatação de tudo o que eu já sabia que iria acontecer, porque a partir do momento que eu me permiti ser livre do domínio que esse “amor” tinha sobre mim, percebi qual era o meu valor. E digo, é muito alto. Foi muito pra você, Mais do que um dia possa merecer.
Mas eu nem preciso te lembrar disso, pois agora aposto que notou não é? Ah sim, você notou. Vejo isso em seus olhos e no tremor da sua voz pelo telefone. Sinto em dizer que é tarde. Quer dizer, não, eu não sinto. Atrasei tanto esse fim e sofri sozinha desde a primeira “falta de tempo pra mim” e de todas as mentiras e indiferenças tuas, achando que viver sem você seria impossível, mas não é. Pelo contrário, é bom! Descobri que o gosto da vida é bem mais doce sem você. 
Então levo comigo os momentos bons e desejo a ti toda a sorte desse mundo.
Ahhh por favor me diz que não acreditou nisso! Saiba que quando eu me virar, vou atrás de cada sonho que você não planejou comigo e realizarei cada objetivo que você não botou fé. Nunca mais pensarei em seu rosto. E eu menti, menti quando disse que tinha dó de você. Vá se ferrar! Vá você, seu arrependimento e leve seu amor junto, para bem longe de mim. 
Texto feitor por: Carolina Duarte. |Blog|
  
Envie seu texto,clique aqui para saber mais.

Veja também

Página 1 de 1312345... 13Próximo