• Sobre o blog
  • Contato
  • Envie seu texto
  • Blogroll
  • FAQ
  • 27 outubro

    A culpa não é minha!

    Não sei por que me culpam por tudo, queria saber, todos colocam a culpa justo em mim, logo eu que sou tão puro e diferente de outros, eu tenho o poder de amolecer até um coração de pedra, mas todos me julgam, sendo que só faço isso para ajudar, afinal o mundo sem mim como seria? Hoje já imagino, pois as pessoas estão sempre fechando as portas na minha cara, eu tento alegrar a vida delas e só recebo um não, são poucas que ainda me aceitam e me cultivam e em troca de toda esse cuidado eu lhe dou a  chave da felicidade, mas cabe se a pessoa irá querer as portas fechadas ou abrir a porta e seguir o caminho longo e estreito, são poucas pessoas que conseguem, mas quando conseguem, me agradecem para o resto da vida e essas pessoas sempre estarão presentes comigo, pois afinal quando fazemos amigos, sempre queremos por perto.
     O que eu mais queria é que as pessoas percebessem que a culpa não é minha, eu só quero ser amigos de todos, sempre procuro o bem, sempre faço o bem, mas geralmente recebo ao contrário, e ainda falam que eu não presto.
     Irá chegar uma hora em que eu irei cansar disso tudo e faltará muito de mim na humanidade, pois as pessoas hoje em dia, só querem o que não tem, só sente falta de algo que não existe mais, quando estou presente na vida das pessoas elas simplesmente ignoram ou tem coisas mais importantes e prioritárias para fazer e eu acabo ficando de escanteio, mas quando não tiver mas nada de mim em nenhuma pessoa na fase da Terra, não terá motivo para culpar ninguém, mas também não irão sentir nada, pois eu sou o amor e apesar de eu chegar e ter alguns efeitos colaterais, eu mostro as pessoas em como a vida é boa quando se sabe amar!!
    Dayane Nascimento

    23 anos, carioca, estudante de Publicidade e apaixonada por fotografia, moda, decoração e qualquer outra coisa que me faça sorrir. @dayaneassiis

    Deixe uma resposta

    Seu email não será publicado.


    *


    CAPTCHA Image
    Reload Image

    1. Marcela Miranda em 27 de outubro de 2013

      Amando o texto, foi um tapa na minha cara este texto haha.
      Beijos, beijos ♥

      Dearitgirl.blogspot.com.br

    2. Debbie Bettencourt em 27 de outubro de 2013

      Nossa, que legal o texto. Adorei.
      Seu blog é lindo, parabéns.
      Seguindo. Beijos
      http://seis-equinze.blogspot.com.br/

    3. carol em 27 de outubro de 2013

      Uau que texto, tá de parabéns se der dá uma passadinha no meu blog http://garotapossessivas.blogspot.com.br/ <3

    4. Nalva Faustino em 28 de outubro de 2013

      Olá minha querida!! Que texto maravilhoso, amei você escreve muito bem parabéns. Gostei do seu blog bjs :)

    5. Hellz. em 28 de outubro de 2013

      Achei a abordagem imensamente criativa.
      As vezes jogamos as nossas culpas e frestraçoes no pobre do amor mesmo :/ haha

      Beijo

    6. Nathalia Iury em 28 de outubro de 2013

      Tem dias que me sinto dessa forma, é horrível. :/
      Adorei a forma que você levou o texto, muito bom.

      BLOG: NAHBOA?!
      FANPAGE: NAHBOA?!

    7. Adriana Leandro em 28 de outubro de 2013

      Muito bom o texto. Apesar de tudo o amor não pode acabar. Bjus!

      galerafashion.blogspot.com.br

    8. Bell em 28 de outubro de 2013

      Ainda que eu fale as línguas dos homens e dos anjos, se não tiver amor, serei como o sino que ressoa ou como o prato que retine.
      Ainda que eu tenha o dom de profecia e saiba todos os mistérios e todo o conhecimento, e tenha uma fé capaz de mover montanhas, mas não tiver amor, nada serei.
      Ainda que eu dê aos pobres tudo o que possuo e entregue o meu corpo para ser queimado, mas não tiver amor, nada disso me valerá.
      O amor é paciente, o amor é bondoso. Não inveja, não se vangloria, não se orgulha.
      Não maltrata, não procura seus interesses, não se ira facilmente, não guarda rancor.
      O amor não se alegra com a injustiça, mas se alegra com a verdade.
      Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.

      1 Coríntios 13:1-7

      bjokas =)

    9. Sara Tonini em 28 de outubro de 2013

      Muito bom o texto, adorei.
      Beijos :)

      http://mariasaratonini.blogspot.com.br/

    10. Fortalezajb Iluminada em 28 de outubro de 2013

      Amei o post!!!
      Venha nos visitar:
      http://meumundorosapynk.blogspot.com.br/
      Beijocas

    11. Paloma Viricio em 28 de outubro de 2013

      Nossa que lindo! Com toda sinceridade fiquei até arrepiada com o texto. A imagem representa direitinho o que o texto apresentou… culpam demais o amor, mas o que seria de nós sem ele?
      Beijos!
      Paloma Viricio-Jornalismo na Alma.

    12. Nique em 28 de outubro de 2013

      Ah o amor, sempre sendo acusado de tudo né? Não sei o que faria sem o amor, sem meu amor!

    13. Claudiane Diniz em 28 de outubro de 2013

      Que liindo

      claudiniz.blogspot.com.br

    14. Giulia Pessoz em 28 de outubro de 2013

      Awwn, que lindo!
      Amei! <3

      Beijos e fique com Deus!
      Batom de Framboesa

    15. Thais Terra em 28 de outubro de 2013

      Achei o texto uma fofura! Gostei muito :)

      Não esqueça de participar do sorteio de dois anos do blog!
      http://colorful-mushrooms.blogspot.com.br/2013/09/aniversario-de-2-anos-do-blog-sorteio.html

      http://colorful-mushrooms.blogspot.com.br/

      Beijoos ;*

    16. Desbravadores de Livros em 28 de outubro de 2013

      É sempre assim. Tudo somos nós, mas e quando não estivermos? Há quem culpar?
      E aí, depois, sentirão nossa falta. Quando sumimos, desaparecemos, as pessoas correm atrás e sentem falta de sermos a velha boba que aceita tudo.
      Adorei seu texto

      M&N | Desbrava(dores) de Livros

    17. Leidiana Pereira em 28 de outubro de 2013

      Que texto lindo Day! Fiquei com pena do cupido amor, mas ás vezes é assim mesmo que acontece. Tantas vezes dá dissemos um não para ele ou até mesmo o culpamos ou ignoramos, mas também creio eu que não conseguimos viver sem ele. ^^
      Esse mundo está cheio de pessoas que precisam urgentemente desse sentimento tão lindo. :)
      Beijos minha linda. ♥